Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2015

Das negligências veladas

Ser crente é ser feliz?

Você não sabe

Aprendendo com fracassos

As palavras são diversas

Pelas folhas de vidro

Profetas e homens

A graça dos roedores

Canibais culturais

Tempo indefinidor

Sucessos cotidianos

O preço da salvação

Fantasmas

Palavras demais

Sonhos poderosos e perigosos

A Antares de Alagoas

A queda para a alegria do homem